gototop
Quarta, 03 Junho 2015 18:39

Fale na Roda - Candangolândia

  Governo de Brasília

O Fale na Roda é o espaço de acolhimento dos moradores que desejam registrar suas demandas, críticas e sugestões. Funciona assim: os cidadãos que desejam fazer suas perguntas diretamente ao governador Rodrigo Rollemberg são cadastrados para um sorteio. O governador responde a sete perguntas da sociedade civil e a três perguntas dos movimentos sociais locais – mapeados previamente, em parceria com a população.


Durante o cadastramento, o participante pode optar por deixar sua pergunta registrada. Caso ele não seja sorteado, a equipe da Subchefia de Interação Social entrará em contato, no prazo máximo de 15 dias, para dar um retorno às demandas. O contato será feito pelo canal indicado na inscrição (telefone ou e-mail). Caso o cidadão não deseje fazer sua pergunta diretamente ao governador, mas deseje um retorno do governo, a solicitação também será registrada e terá um retorno posterior.


Veja aqui quais foram as perguntas sorteadas no evento e os encaminhamentos feitos pelo governador:


pergunta01Aurélio Martins foi o primeiro a ser sorteado pelo governador na Roda de Conversa e destacou a necessidade de reativação do sistema de transporte alternativo. Rodrigo Rollemberg disse a ele que a Secretaria de Mobilidade vai analisar a possiblidade de utilização das vans para complementação do sistema de transporte público, nas regiões onde há carência de linhas.





pergunta02

Shirley Nunes, professora do Centro de Ensino Infantil da Candangolândia, solicitou areia para o parquinho da escola. Ali mesmo, e empresário da cidade, José Fernandes se comprometeu a doar quatro caminhões de areia. Logo em seguida, Shirley citou a falta de equipamento de som para a realização da festa junina. Ficou acertado na Roda que a Administração Regional vai disponibilizar o necessário.




pergunta03

Adriana Cadete, coordenadora do programa Ginástica nas Quadras, foi a selecionada para fazer a primeira pergunta destinada aos movimentos sociais. Moradora de Candangolândia, solicitou melhorias para o salão comunitário da cidade, onde o programa é realizado, e também a revitalização do Parque do Bosque. Ela explicou que as churrasqueiras estão danificadas, as quadras poliesportivas estão em estado precário e que há necessidade de uma piscina aquecida, além de mais policiamento para o local. Governador determinou que a Novacap faça uma vistoria no salão e no parque para que sejam tomadas as providências necessárias. A Novacap informou que fará uma vistoria para comprar os materiais necessários aos reparos. Quanto à piscina aquecida e coberta, ainda há necessidade de elaborar o projeto.


pergunta04

Milton Felício foi o quarto selecionado a perguntar e questionou a presença de adversários políticos no governo. Rodrigo Rollemberg foi enfático ao dizer que as eleições acabaram no dia 26 de outubro de 2014 e que agora todos devem trabalhar em prol de Brasília. Ele destacou ainda que os servidores que trabalham no governo foram escolhidos de acordo com critérios técnicos.




pergunta05

A moradora da Vila do Sossego, Denise de Souza, reivindicou mais melhorias para a região, como água, saneamento, infraestrutura e regularização do local. O governador Rodrigo Rollemberg explicou que a Vila está localizada em uma área de Preservação Permanente (APP), portanto não é passível de regularização. Mesmo assim, para não deixar a questão sem solução, afirmou que a Codhab fará visitas aos locais a fim de mapear a situação e ver a possibilidade de cadastrar as famílias nos programas habitacionais e sociais do governo. Elas devem ser encaminhadas para outra área. A Secretaria de Gestão do Território e habitação vai analisar o caso para identificar se elas se encaixam em algum projeto social. Poderá ser feito estudo socioeconômico para identificar quais moradores são de baixa renda e devem ser atendidos.


Maria do Socorro, na segunda pergunta destinada aos movimentos sociais, solicitou ajuda para criação de uma associação de artesãs da cidade, além de espaço e material para produção. O governador explicou que a Secretaria de Turismo está fazendo um mapeamento de todos os grupos de artesanato do DF. O objetivo é organizar um grande centro de comercialização de artesanato. Rollemberg pediu, ainda, que Maria procurasse a Secretaria de Turismo para cadastramento e orientações para criação da associação. A Secretaria de Turismo vai enviar uma equipe para fazer esse registro na Administração da cidade. As pessoas que já possuem inscrição podem se candidatar para participar de feiras e exposições por meio de chamamento público.

 

pergunta06Wellinton Leite foi sorteado, mas cedeu a fala para a advogada Elza Kovalski, representante da associação de chacareiros da Candangolândia. Ela solicitou a regularização do Setor de Chácaras. O governador se comprometeu a visitar a região e conhecer as necessidades de cada chacareiro. A Secretaria de Gestão do Território e Habitação vai analisar o caso para identificar se as famílias se encaixam em algum projeto social. Poderá ser feito estudo socioeconômico para identificar quais moradores são de baixa renda e devem ser atendidos. 



pergunta07

Ricardo Vale, morador do Park Way, reivindicou mais segurança para o local e perguntou quando será a Roda de Conversa na cidade. Rodrigo Rollemberg falou das melhorias implementadas na área de Segurança Pública e sugeriu à organização que o Park Way seja incluído no cronograma da Roda de Conversa.

 

 

 

pergunta08O morador da Canfangolândia Geraldo Ferreira solicitou ajuda para desenvolvimento das micro e pequenas empresas da cidade. O governador citou o programa Bem Mais Simples como uma alternativa para a desburocratização do processo de licenciamento das pequenas empresas. Rollemberg alegou, ainda, a necessidade de regulamentação via Estatuto da micro e pequena empresa.



Luis Eugênio, do Movimento Nós Por Nós, solicitou ações de incentivo à cultura local e mais espaços para manifestações culturais. O governador sugeriu que o morador, bem como a classe artística da cidade, participe do projeto Diálogos Culturais, que acontecerá no dia 26 de junho na Candangolândia, e registre suas demandas e sugestões. A Administração Regional informou que pretende revitalizar o Galpão Cultural da cidade e está buscando parcerias para ocupar o espaço com mais atividades para a comunidade.


Glauco Larceda fez a pergunta que fechou a Roda de Conversa: solicitou a regularização do Setor de Oficinas da Candangolândia. Rodrigo Rollemberg citou a revisão do Pró-DF como uma alternativa para dar melhor destinação às áreas de desenvolvimento econômico de Brasília.



Ler 2856 vezes Última modificação em Quarta, 03 Junho 2015 20:29
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Fale na Roda