Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/11/16 às 17h17 - Atualizado em 29/10/18 às 15h55

ZEE-DF é debatido com Comitês de Bacias Hidrográficas do DF

Vanessa Cortines, da equipe ZEE-DF

 

Brasília (17/11/2016) – Membros dos três Comitês de Bacias Hidrográficas do Distrito Federal – Rio Maranhão, Lago Paranoá e Rio Preto – estiveram na Secretaria do Meio Ambiente (Sema) na manhã de hoje para uma conversa sobre o texto referência do anteprojeto de lei do Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal (ZEE-DF).

 

Representantes da Sema na Coordenação Geral Técnica do ZEE-DF apresentaram a redação que está em consulta pública desde o mês passado, bem como seus anexos e mapas, e convidaram o grupo para dar suas contribuições, em especial ao que se refere às diretrizes relativas à água: permeabilidade do solo, disponibilidade hídrica, qualidade, etc.

 

Das treze subzonas propostas no ZEE-DF, seis possuem relação direta com a temática, dando alguns indicativos específicos, tais como: garantia da produção hídrica para o abastecimento público, manutenção da recarga de aquíferos, eficiência/eficácia na gestão hídrica, mitigação do risco de contaminação das águas superficiais e subterrâneas, respeito dos níveis de permeabilidade do solo, proteção de nascentes, aporte de infraestrutura de saneamento ambiental, etc.

 

“O ZEE-DF tem a água como seu elemento estrutural. E essa decisão não foi tomada à toa. Qualidade e quantidade de água têm sido itens primordiais ao se tratar do uso e da ocupação do solo. Não só pensando nos impactos ambientais, mas também na baixa produtividade econômica e outros problemas que a escassez hídrica pode causar”, ressaltou Maria Sílvia Rossi, coordenadora técnica do ZEE pela Sema.

 

Para saber mais sobre a proposta de zonas e subzonas do ZEE-DF, inclusive visualizar os mapas, clique aqui.

Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

ZEE-DF