Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/11/18 às 17h38 - Atualizado em 28/11/18 às 17h47

GDF e UnB assinam acordo de cooperação

 

Vanessa Cortines, da equipe ZEE-DF

 

Brasília (28/11/2018) – Foi firmado, na noite de ontem (27), um acordo de cooperação técnica entre o Governo do Distrito Federal (GDF) – por intermédio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) – e a Universidade de Brasília (UnB). A solenidade aconteceu no auditório da reitoria e contou com as presenças de várias autoridades. Entre elas, o Reitor em exercício, Enrique Huelva, e o Secretário do Meio Ambiente do DF, Felipe Ferreira, que assinaram o documento como representantes das instituições.

 

Com vigência de quatro anos, o acordo de cooperação tem como principal objetivo o compartilhamento de dados espaciais e estudos técnico-científicos capazes de subsidiar o planejamento, a implantação e o monitoramento de políticas públicas no âmbito da gestão territorial. “É um intercâmbio estratégico de informações, que nos possibilita modular o crescimento das cidades e calibrar o desenvolvimento da sociedade”, ressaltou Maria Sílvia Rossi, Subsecretária de Planejamento Ambiental e Monitoramento da Sema e Coordenadora Técnica do Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal (ZEE-DF).

 

A partir dessa cooperação, serão compartilhados dados georreferenciados produzidos em trabalhos finais de graduação, mestrado, doutorado, pós-doutorado, pesquisa e extensão. “O conhecimento e os resultados produzidos pela UnB possuem um enorme potencial para auxiliar o Poder Público na formulação e implementação de ações, programas e políticas que visam minimizar os impactos ambientais e socioeconômicos negativos no território”, lembrou Maria Sílvia Rossi.

 

SISDIA

Paralelo à assinatura do acordo de cooperação técnica, ocorreu o lançamento oficial do Sistema Distrital de Informações Ambientais (SISDIA), a plataforma digital onde os dados espaciais ambientais serão compartilhados. Previsto na Lei Orgânica do DF, regulamentado pela Lei Distrital 3.944/2007 e instituído no artigo 43 no Projeto de Lei 1988/2018, o SISDIA vem sendo modelado a partir do banco de dados do ZEE-DF e já auxilia análises técnicas e tomadas de decisões de 208 usuários cadastrados de 19 órgãos distritais.

 

Considerado parte da Infraestrutura de Dados Espaciais do Distrito Federal (IDE/DF), o SISDIA tem por desafio organizar as autorias na produção e publicação das informações, além de consolidar um quadro comum de dados espaciais ambientais que possam ser aplicados no planejamento e na gestão do território. “O sistema contribuiu, por exemplo, na produção de estudos técnicos e mapas usados na elaboração do ZEE-DF e poderão, a partir do próximo ano, ajudar na implementação do zoneamento ou no monitoramento das zonas e subzonas”, destacou Maria Sílvia Rossi.

 

Seminário

Dando sequência aos eventos de lançamento do SISDIA, será realizado, amanhã (29), das 8h30 às 18h30, no auditório do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), um seminário sobre geoinformação e suas aplicações na área ambiental, em atendimento às demandas do Poder Público e da sociedade.

Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal - Governo de Brasília

ZEE-DF