Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/10/16 às 13h22 - Atualizado em 29/10/18 às 15h55

ZEE-DF é debatido na 16ª Semana Universitária da UnB

Equipe ZEE-DF

 

Brasília (25/10/2016) – Esclarecer a importância do Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal (ZEE-DF) para garantir a sustentabilidade do território e não comprometer a qualidade de vida das futuras gerações. Este foi um dos tópicos abordados em palestra realizada hoje no Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS), da Universidade de Brasília (UnB), durante a 16ª Semana Universitária.

 

O evento foi organizado pelo Professor Thomas Ludewigs e contou com a participação da equipe da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), que apresentou a proposta de zonas e subzonas – bem como diretrizes e mapas – que constam no texto referência do anteprojeto de lei do ZEE-DF.

 

Maria Sílvia Rossi, representante da Sema na Coordenação Técnica do ZEE-DF, falou da importância do zoneamento para o planejamento e a gestão do território, especialmente nas áreas de riscos ambientais e de vulnerabilidade socioeconômica.

 

“É fundamental garantir a permeabilidade do solo e a disponibilidade hídrica no DF, e não só pensando nos impactos ambientais, mas também na baixa produtividade econômica e outros problemas que a escassez de água pode causar”, ressaltou Maria Sílvia Rossi.

 

O final da palestra ficou por conta da gestora de políticas públicas da Sema, Tereza Cristina Oliveira, que conduziu um debate sobre o uso e a ocupação do solo no DF, esclarecendo ainda todas as dúvidas dos alunos de graduação e pós-graduação de várias universidades que participaram do encontro.

Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

ZEE-DF