Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/08/16 às 18h27 - Atualizado em 29/10/18 às 15h55

Projeto de Zoneamento Ecológico-Econômico do DF é apresentado em reunião na Fecomércio

José do Egito, da Ascom Fecomércio-DF

 

Brasília (31/08/2016) – O secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, André Lima, e a subsecretária da pasta, Maria Sílvia Rossi, apresentaram aos diretores da Fecomércio-DF, durante a reunião mensal de diretoria da entidade, realizada nesta terça-feira (30), o Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal (ZEE-DF). O programa, capitaneado pela secretaria, deve seguir para a Câmara Legislativa do DF nos próximos meses para virar Projeto de Lei e tem como síntese de trabalho a ideia de promover o desenvolvimento sustentável a partir da compatibilização das características ambientais e socioeconômicas da região, considerando ainda as vulnerabilidades, potencialidades e particularidades de cada área da capital do País.

 

Em sua exposição, o secretário André Lima ressaltou a importância do diálogo com o setor produtivo e do trabalho em conjunto para que o projeto dê certo. Segundo ele, não existe uma economia pujante se não houver a sustentação básica de recursos ecológicos, como a água, solo, biodiversidade e o equilíbrio entre esses fatores “A economia aliada ao meio ambiente gera mais renda, tributos, e movimento na economia, criando qualidade de vida para a nossa sociedade. Segundo dados da ONU, 70% de toda atividade econômica depende da água”, salientou. “Temos grandes desafios de trazer energia solar fotovoltaica, promover a recuperação do nosso cerrado e gerenciar os nossos reservatórios de água”, disse André Lima.

 

O secretário ressaltou ainda que o assunto está sendo dialogado e aprofundado desde a primeira semana do governo de Rodrigo Rollemberg. “É um tema relevante, complexo, sofisticado e precisamos ter consciência daquilo que estamos propondo para a cidade. Considero esse projeto como um dos legados estruturantes para a política do desenvolvimento do DF”, disse.

 

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, ressaltou a importância do projeto e a relevância dos empresários em se debruçar sobre o tema. “É um assunto significativo para os empreendedores que têm projetos futuros, para que não haja dificuldade na hora de realizar suas ações de desenvolvimento locais inadequados, que tenha nascente, ou uma importância ecológica”, disse Adelmir. “É necessário ter um trabalho de conscientização e temos como objetivo o de ajudar na preservação do meio ambiente do DF, não podemos perder essa consciência ambiental”, salientou.

 

A subsecretária do Meio Ambiente, Maria Sílvia Rossi, explicou que mais do que um instrumento de trato ecológico, o conteúdo do ZEE leva em conta indicadores demográficos. “Para a realização do planejamento, são conseideradas características da população como renda e escolaridade, que ajudam a traçar estratégias de políticas públicas”, disse. Ela também pontuou as etapas do projeto que visa a administrar a questão dos riscos ambientais, como perda de cerrado nativo, contaminação do solo entre outros. “O desenvolvimento sustentável congrega três eixos: o bem-estar humano, a capacidade de suporte e serviços ecossistêmicos e os custos para o Estado”, complementou a subsecretárria.

 

Ela revelou ainda que infraestrutura implantada, mobilidade e tranposte, previsão de integração de modais, inclusive ferroviário, qualidade ambiental e o sistema de áreas verdes intraurbanas também são pontos que estão em discussão no projeto. “O ZEE-DF é o verdadeiro trabalho de ocupação de solo em termos de planejamento. É a base para uma boa organização urbana da cidade”, destacou.

 

Ainda durante as explanações sobre o projeto na sede da Fecomércio, foram apresentados mapas de riscos ambientais, diagnósticos socioeconômicos, pressupostos que orientaram a definição de zonas e subzonas, dados de disponibilidade hídrica e tipologias de indicadores que constarão no projeto de lei que regulamentará o Zoneamento, que prevê, também, a preservação do Lago Paranoá. Estiveram presentes na reunião de diretoria da Fecomércio o presidente da instituição, Adelmir Santana; líderes empresariais, presidentes de sindicatos, diretores da entidade e assessores da Federação.

Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

ZEE-DF